Rosemunu's Blog











{25/04/2010}   Miss fraude isso sim
Eu não consigo entender quais são os critérios dos jurados pra selecionar as misses. Ano passado escolheram umas das mais feias, entre todas, como miss Brasil. Em 2008 escolheram uma oriental que perdia em beleza pra nossa Natália Guimarães como miss Universo e ontem  moça que ganhou de miss SP não era a mais bonita. Eu estava torcendo pra uma ex-professora minha de cursinho, mas ela nem ficou entre as 20, pena porque ela é mais bonitas que muitas que foram selecionadas. Às vezes eu acho que esses concursos são fraudados, sei lá, é muito estranho certas ganharem… eu ainda não me conformo com o segundo lugar da Natália. Agora posto as fotos da minha teacher e da vencedora.

Karla Mandro Miss SP 2010

Carla Miss Jabuka 2010

Anúncios


{25/04/2010}   Trilha Sonora legal
Essas duas músicas são tema do casal Rodrigo e Ana Bela na novela Bela, a feia. A trilha sonora da novela é muito boa, assim como a trama (gostei muito da versão brasileira, acho que a adaptadora conseguiu colocar elementos novos e mudar um pouco a história) mas eu gosto mais dessas duas que destaquei. Se alguém tiver interesse em ouvir a trilha toda deixo um link da rádio uol, só está faltando a música Mi sol de Jessy e Joy. Bom divertimento.

http://www.radio.uol.com.br/#/volume/v%C3%A1rios-artistas/bela,-a-feia—trilha-sonora/19022

 



{03/04/2010}   Minissérie boa
A Record mostrou que não está pra brincadeira. A emissora investiu muito na produção da missérie biblica-histórica A história de Ester e  parece que valeu a pena. Ao que tudo indica foi um sucesso, foram muitos os acessos aos capítulos via internet no sie oficial da trama http://www.rederecord.com.br/programas/a-historia-de-ester/, onde pode-se assistir todos os episódios e parece que atingiu bons indíces de audiência. Particularmente eu gostei muito da montagem e da adaptação da história, por incentivo da trama e curiosidade li a versão bíblica, claro que há coisas extras na minissérie, até porque na bíblia a preocupação é em contar a história dos judeus e não se prender a fatos estritamente históricos, mas a essência foi mantida. A rede record está de parabéns, espero que outras minissérie do mesmo porte venham. Eu gosto de coisa boa e não acho que tudo de melhor da TV está na Globo. Na verdade os globais é que se sentem superiores, mas sem razão, porque ao mesmo tempo que tem coisas boas, tem péssimas produções; basta conferir a atual trama das 7, Bela a feia é muito melhor, sem falar em Uma rosa com amor, fazia tempo que o SBT não produzia algo empolgante, mas em se tratando de Tiago Santiago tinha que ser algo bom, o cara conseguiu dar um novo rumo na teledramaturgia da Record e agora esta cuidando do SBT… Na minha opinião as pessoas deveriam mudar mais de canal, e antes de dizer que é ruim conferir. A Globo vive copiando, de ceta forma, produções de outras emissoras, basta ver Força Tarefa, foi criado equanto a Record exibia a sua série A lei e o Crime, engraçado como as duas se parecem…


et cetera