Rosemunu's Blog











{31/10/2010}   Gente sem noção

 

 

 

 

 

 

 

 

Essa semana saiu na mídia vários comentários negativos a respeito dos jogos Interunesp. Acho lamentável, realmente, a atitude imatura e idiota daquele cara que criou o tal rodeio das gordas, mas não sei como eles faziam na prática. Fui ao Interunesp esse ano e não vi esse tipo de coisa. Achei um absurdo a reportagem que a rede Record exibiu, na qual acabou com a imagem da festa e dos estudantes que participaram dela. Mostrou imagens das meninas que fazem o tradicional bundão de Franca e falou de uma forma como se todas fizessem isso e ainda como se elas estivessem sem calcinha e mostrassem tudo, sendo que não é bem assim. Foram cerca de 15.000 pessoas que participaram do Inter esse ano e é engraçado como só se fala das coisas ruins agora, como se a festa se resumisse a isso. O mais interessante é que quando o evento estava acontecendo, só se falava do lucro que os estabelecimentos comerciasi estavam tendo. Agora acabam com a imagem dos alunos e também da universidadade, como se esta tivesse alguma coisa a ver com o que os alunos fazem fora do Campus. Vi sexta uma entrevista que a EPTV fez com o vice-diretor do campus de Araraquara, eles disseram que a universidade deve tomar medidas para que isso não volte a acontecer, achei prudente a resposta do vice-diretor dizendo que as pessoas tem que aprender a separar o estudante do cidadão, as atitudes de agressão a que se referem tem relação apenas com o cidadão, já que são pessoas que estão em um ambiente que não tem relação com suas atividades acadêmicas. Realmente fica difícil mostrar que é possível se divertir com responsabilidade, as pessoas pensam que todos os jovens são irresponsavéis e até imbecis como esses do bullying contra as meninas acima do peso. A respeito de outras coisas que eles comentaram, como casais simulando cenas de sexo é simples, as pessoas bebem além da conta e extrapolam, fazendo essas coisas lamentáveis e vergonhosas, depois tentam arranjar um desculpa do tipo “eu fui obrigada”, aah tá… só cego pra acreditar. Só espero que as pessoas parem de generalizar e percebam que nem todos os jovens e estudantes são como esses babacas. E também que os jovens aprendam que é possível se divertir, e muito, sóbrio e com responsabilidade. Tirando isso foi muuuiiito bom, me diverti pra valer com minhas amigas e rindo das fantasiaa da galera.



{23/10/2010}   Foi bom

Comecei a assistir o programa a partir da sexta eliminação, mas gostei do que vi, achei melhor que o No Limite, porque aqui o participante vence por si mesmo, não depende do público. Eu acho que esse tipo de programa que testa o limite e a coragem dos participantes não ter que ter a participação popular mesmo, porque se não algum participante pode ser injustiçado por não ter a simpatia do público. Gostei disso aqui, confesso que senti pena deles em algumas provas nogentas, como as de comida e bebina… ahrrr… haja estômago pra isso, eu não teria não. Olha que o Marcos fez que fez e conseguiu o segundo lugar e conseguiu com isso 100.000,00. Tinha razão em temer o Toshi, este que entrou no quarto programa acabou levando o prêmio de 500.000,00 mais um carro zero. Ele ainda garantiu mais 20.000,00 na conta da Andressa…hummm… Danilo que foi resgatado pelos companheiros acabou ficando em terceiro lugar e levando 50.000,00 pra casa. Mas não sei se haverá uma segunda temporada, porque antes de A Fazenda começar a ser exibida, a Globo não estava satisfeita com a média de 15 pontos no ibope do reality.



et cetera