Rosemunu's Blog











Eu fico indignada de ver certas coisas acontecerem. As pessoas escolhem seus representantes, acreditando nas promessas de favorecem o povo com o seu mandato e o que a gente vê não é isso. Onde já se viu os senadores terem um aumento de mais de 60% em seus salários e o salário mínimo não ter nem 5%? De 540,00 vamos para 545,00 nem se quer um pacote de arroz a mais na despesa do trabalhador. Os professores que lutam dia a dia pra tentar sobreviver e passar alguma coisa para as nossas crianças e adolescente também se decepcionam né, aumento de 16%… isso porque eles continuam não recebendo pelo tempo gasto em casa pra preparaçã de aulas, elaboração de provas e trabalhos e correção dos mesmos, assim dá pra entender porque eles estão cada vez mais deixando de exercer com dedicação a profissão… e assim o Brasil vai caminhando, com pessoas doentes que não conseguem receber o auxílio doença e desesperam-se, fazendo coisas como a mulher de Santa Catarina, e ainda a prendem e impõem uma multa… é, parece que o povo brasileiro não tem voz e está fadado a ficar em filas de espera, espera por saúde, por educação e tudo o mais… quando será que finalmente viremos em primeiro lugar?



{25/12/2010}   Chegou o Natal

O Natal é uma festa tão linda, uma data que representa paz, amor e união. É o nascimento do menino Jesus, o qual veio para nos salvar e nos ensinar como amar o próximo. Pena que muitos esqueçam do verdadeiro significado desse dia e fiquem presos apenas à figura do papai noel e dos presentes recebidos. Desejo a todos um feliz e santo Natal, na esperança que a luz do menino Jesus nasça em nossos corações e permaneça no seio familiar.

 



{31/10/2010}   Gente sem noção

 

 

 

 

 

 

 

 

Essa semana saiu na mídia vários comentários negativos a respeito dos jogos Interunesp. Acho lamentável, realmente, a atitude imatura e idiota daquele cara que criou o tal rodeio das gordas, mas não sei como eles faziam na prática. Fui ao Interunesp esse ano e não vi esse tipo de coisa. Achei um absurdo a reportagem que a rede Record exibiu, na qual acabou com a imagem da festa e dos estudantes que participaram dela. Mostrou imagens das meninas que fazem o tradicional bundão de Franca e falou de uma forma como se todas fizessem isso e ainda como se elas estivessem sem calcinha e mostrassem tudo, sendo que não é bem assim. Foram cerca de 15.000 pessoas que participaram do Inter esse ano e é engraçado como só se fala das coisas ruins agora, como se a festa se resumisse a isso. O mais interessante é que quando o evento estava acontecendo, só se falava do lucro que os estabelecimentos comerciasi estavam tendo. Agora acabam com a imagem dos alunos e também da universidadade, como se esta tivesse alguma coisa a ver com o que os alunos fazem fora do Campus. Vi sexta uma entrevista que a EPTV fez com o vice-diretor do campus de Araraquara, eles disseram que a universidade deve tomar medidas para que isso não volte a acontecer, achei prudente a resposta do vice-diretor dizendo que as pessoas tem que aprender a separar o estudante do cidadão, as atitudes de agressão a que se referem tem relação apenas com o cidadão, já que são pessoas que estão em um ambiente que não tem relação com suas atividades acadêmicas. Realmente fica difícil mostrar que é possível se divertir com responsabilidade, as pessoas pensam que todos os jovens são irresponsavéis e até imbecis como esses do bullying contra as meninas acima do peso. A respeito de outras coisas que eles comentaram, como casais simulando cenas de sexo é simples, as pessoas bebem além da conta e extrapolam, fazendo essas coisas lamentáveis e vergonhosas, depois tentam arranjar um desculpa do tipo “eu fui obrigada”, aah tá… só cego pra acreditar. Só espero que as pessoas parem de generalizar e percebam que nem todos os jovens e estudantes são como esses babacas. E também que os jovens aprendam que é possível se divertir, e muito, sóbrio e com responsabilidade. Tirando isso foi muuuiiito bom, me diverti pra valer com minhas amigas e rindo das fantasiaa da galera.



 

Eu fui obrigada a assistir esse filme ontem na aula de TRABALHO DOCENTE E DIDÁTICA, mas confesso que não foi como eu esperava. Quando o professor falou dele semana passada achei que eu iria dormir no meio do filme, porque é sobre educação, indiano e tem mais de 2h30, mas devo admitir que foi bem diferente do que eu imaginei, o filme é lindo. A gente logo se apaixona pelo Ashaan, é um menininho tão fofo, dá uma peninha certas horas dele, e você fica com vontade de abraçá-lo. É um drama que toca, emociona e até faz a gente dar muita risada e parar pra pensar em como tratamos os outros que são diferentes de nós. Eu recomendo a todos esse filme que chama “COMO ESTRELAS NA TERRA TODA CRIANÇA É ESPECIAL”,  a fotografia é ótima, o professor é um gato, as música são legais e a história é simplesmente linda. Caso alguém se interesse deixo o link para download. Vale muito a pena.

http://www.dihitt.com.br/barra/download-do-filme-como-estrelas-na-terra-toda-crianca-e-especial-dvdrip



{07/08/2010}   Obrigado

 

Valeu galera, gostaria de agradecer pelos mais de 40.000 acessos nesse um ano de vida do meu blog. Só não sei dizer se vocês estão gostando porque recebo poucos comentários. Gostaria que vocês participassem um pouquinho mais, assim eu saberia o que postar melhor. E começamos agora mais um ano e tomara que em agosto 2010 possamos ainda comemorar mais sucesso. Um beijo a todos que me acompanham.



{31/07/2010}   Quando nada mais resta
          Enquanto avançamos aos tropeços, quilómetros a fio, vadeando pela neve ou resvalando no gelo, constantemente nos apoiamos um no outro, erguendo-nos e arrastando-nos mutuamente. Nenhum de nós pronuncia uma palavra mais, mas sabemos neste momento que cada um ainda só pensa em sua mulher. Vez por outra olho para o céu aonde vão empalidecendo as estrelas, ou para aquela região no horizonte em que assoma a alvorada por detrás de um lúgubre grupo de nuvens. Mas agora meu espírito está tomado daquela figura à qual ele se agarra com uma fantasia incrivelmente viva, que eu jamais conhecera antes na vida normal. Converso com minha esposa. Ouço-a responder, vejo-a sorrindo, vejo seu olhar como que a exigir e a animar ao mesmo tempo e – tanto faz se é real ou não a sua presença – seu olhar agora brilha com mais intensidade que o sol que está nascendo. Um pensamento me sacode. É a primeira vez na vida que experimento a verdade daquilo que tantos pensadores ressaltaram como a quintessência da sabedoria, por tantos poetas cantada: a verdade de que o amor é, de certa forma, o bem último e supremo que pode ser alcançado pela existência humana. Compreendo agora as coisas últimas e extremas que podem ser expressas em pensamento, poesia – em fé humana: a redenção pelo amor e no amor! Passo a compreender que a pessoa, mesmo que nada mais lhe reste neste mundo, pode tornar-se bem-aventurada – ainda que somente por alguns momentos – entregando-se interiormente à imagem da pessoa amada. Na pior situação exterior que se possa imaginar, numa situação em que a pessoa não pode realizar-se através de alguma conquista, numa situação em que sua conquista pode consistir unicamente num sofrimento reto, num sofrimento de cabeça erguida, nesta situação a pessoa pode realizar-se na contemplação amorosa da imagem espiritual que ela porta dentro de si da pessoa amada. Pela primeira vez na vida entendo o que quer dizer: Os anjos são bem-aventurados na perpétua contemplação, em amor, de uma glória infinita. . . A minha frente um companheiro cai por terra, e os que vão atrás dele também caem. Num instante o guarda está lá e usa seu chicote sobre eles. Por alguns segundos se interrompe minha vida contemplativa. Mas num abrir e fechar de olhos eleva-se novamente minha alma, salva-se mais uma vez do aquém, da existência prisioneira, para um além que retoma mais uma vez o diálogo com o ente querido: Eu pergunto – ela responde; ela pergunta – eu respondo.
            “Alto!” Chegamos ao local da obra. “Cada qual busque sua ferramenta! Cada um pegue uma picareta e uma pá!” E todos se precipitam para dentro do galpão completamente às escuras para arrebanhar uma pá jeitosa ou uma picareta mais firme. “Como é, não vão se apressar, seus cachorros imundos?” Dali a pouco estamos no valo, cada um em seu lugar da véspera. A picareta estilhaça o chão congelado, soltando até fagulhas. Nem mesmo os cérebros ainda degelaram, os companheiros continuam calados. Meu espírito ainda se apega à imagem da pessoa amada. Continuo falando com ela, e ela continua falando comigo. De repente me dou conta: nem sei se minha esposa ainda vive! Naquele momento fico sabendo que o amor pouco tem a ver com a existência física de uma pessoa. Ele está ligado a tal ponto à essência espiritual da pessoa amada, a seu “ser assim” (nas palavras dos filósofos) que a sua “presença” e seu “estar aqui comigo” podem ser reais sem sua existência física em si e independentemente de seu estar com vida. Eu não sabia, nem poderia ou precisaria saber, se a pessoa amada estava viva. Durante todo o período do campo de concentração não se podia escrever nem receber cartas. Mas isto naquele momento de certa forma não tinha importância. As circunstâncias externas não conseguiam mais interferir no meu amor, na minha lembrança e na contemplação amorosa da imagem espiritual da pessoa amada. Se naquela ocasião tivesse sabido: minha esposa está morta – acho que este conhecimento não teria perturbado meu enlevo interior naquela contemplação amorosa. O diálogo intelectual teria sido intenso e gratificante em igual escala. Naquele momento me apercebo da verdade: “põe-me como selo sobre o teu coração… porque o amor é forte como a morte.” (Cântico dos Cânticos 8.6).
 Viktor Frankil
ex-prisioneiro de um campo de concentração
capítulo do livro “Em busca de sentido


         
  
           Nem sei mais o que falar da seleção brasileira masculina de vôlei. Esse time realmente é o melhor do mundo, eles confirmam isso a cada vitória e também pela história. Nesses 10 anos sob a direção de Bernardo Rezende ou melhor o “estressadinho” Bernardinho foram muitos os títulos, e com a vitória de ontem (25/07) foram 8 vitórias na Liga Mundial desde de 2000 (2001, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2009 e 2010). Agora o Brasil tem 9 títulos (o primeiro em 1993, detalhe, Bernardinho era levantador da seleção nesse ano) e pode comemorar por ser a seleção com o maior número de títulos nessa competição, desempatando com a Itália. Quando Bernardinho assumiu o controle do time os italianos já tinham 8 títulos e nós apenas 1, parecia impossível passa-los tão rápido, mas eles mostraram que o díficil não é sinônimo de impossível. Vencemos com um time renovado, com o melhor jogador do mundo, Giba, no banco por causa de dores nas costas e o maior pontuador, Vissoto, indisponível deviso a contursão no jogo de sábado (24/07) contra Cuba. Mostramos que temos de fato 12 titulares e com muita garra… É, agora não tem pra ninguém, é por isso que eu digo: esse time é tão bom que pode se dar o luxo de perder às vezes e sem sentir culpa, porque as vitórias compensam e muito as derrotas. E ainda tinha gente que chegou a dizer para o técnico brasileiro (alegou o próprio em entrevista ao Jornal Nacional hoje) que achava o time incapaz de vencer o jogo de ontem, tudo bem achar que não fossemos ganhar levando em conseideração a campanha russa no campeonato, mas impossível? Essa palavra definitivmente não existe no vocabulário da nossa seleção e acredito que nem no de qualquer competidor. Parabéns meninos vocês merecem, pena que o técnico não ganha medalha, o nosso merecia viu. Ah e o Murilo foi eleito o melhor jogador da Liga Mundial esse ano. Parabéns garoto, seguindo direitinho os passos do irmão hein. Observação: antes do tradicional peixinho houve uma contagem especial que foi até o número 9, e eu achei o camisa 3 (Krasikov) da Rússia muito parecido com o ator Joseph Fiennes, pena que eu nõ consegui uma foto dele.
  
  
  

  


{26/07/2010}   Dança dos Famosos 2010

             Ontem foi a final da Dança dos Famosos o único quadro, diga-se de passagem, que vale a pena ver no Domingão do Faustão. Como eu queria a atriz Fernanda Sousa (que evoluiu muito desde a primeira apresentação) conseguiu superar Sheron Menezes e levar o título dessa edição. Fica aqui duas apresentações, a que mais gostei de cada uma delas. Ontem as duas foram muito bem. A vencedora nem conseguia acreditar na sua nota, mal sorria de tão surpresa, talvez porque desde o primeiro dia de competição a preferência mostrava ser da vice campeã.



{24/07/2010}   Monólogo na madrugada
        Estás no valo trabalhando. O crepúsculo que te envolve é cor-de-cinza, o céu acima é cinzento, cinzenta a neve no pálido lusco-fusco, os trapos dos teus companheiros são cinzentos, e também os semblantes deles são cor-de-cinza. Retomas outra vez o diálogo com o ente querido. Pela milésima vez lanças rumo ao sol teu lamento e tua interrogação. Buscas ardentemente uma resposta, queres saber o sentido do teu sofrimento e de teu sacrifício – o sentido de tua morte lenta. Numa revolta última contra o desespero da morte à tua frente, sentes teu espírito irromper por entre o cinzento que te envolve, e nesta revolta derradeira sentes que teu espírito se alça acima deste mundo desolado e sem sentido, e tuas indagações por um sentido último recebem, por fim, de algum lugar, um vitorioso e regozijante “sim”. Nesse mesmo instante acende-se ao longe uma luz, na janela de uma distante moradia camponesa, postada feito bastidor à frente do horizonte, em meio à cinzenta e desolada madrugada bávara “et lux in tenebris lucet”, e a luz resplandece nas trevas. Agora estiveste horas a fio picando o chão congelado, outra vez passou a sentinela e debochou um pouco de ti, e de novo recomeças o diálogo com teu ente querido. Tens cada vez mais o sentimento de que ela está presente. Sentes que ela está ali. Crê poder tocá-la, parece precisares apenas estender a mão para tomar sua mão. E com grande intensidade te invade o sentimento: Ela, está aqui! Eis cá aquilo: no mesmo instante – o que é aquilo? – sem que tenhas notado, acaba de pousar um passarinho bem à tua frente, sobre o torrão que recém cavaste, parte fitar atento e sereno. . .
Viktor Frankl
ex-prisioneiro de um campo de concentração
   capítulo do livro “Em busca de sentido”


{22/07/2010}   Os 50 melhores

          O número 73 (abril 2009) da revista MONET trouxe uma matéria interessante sobre o cinema do século XXI. Eles questinaram 250 pessoas (artistas, cineastas, joranlistas e personalidades nacionais e intrenacionais) quais os destaques do cinema de 2001 até o momento, eles elegeram os 50 melhores filmes do século até a data da pesquisa. Será que vc concorda com eles? Dê sua opinião, mas não leve em conta os filmes lançados após a data da publicação da revista (tá um pouco atrasado esse post, mas só deu pra postar agora). Os filmes são estes:

50- Sonata de Tóquio
49- 4 meses, 3 semanas e 2 dias
48- Babel
47- Miami vice
46- A viagem de Chihiro
45- Uma mente brilhante
44- Adeus Lênin!
43- Volver
42- Sobre meninos e lobos
41- Shrek
40- Santiago
39- Procurando Nemo
38- Piaf – um hino ao amor
37- Os incríveis
36- Moulin Rouge – amor em vermelho
35- Batman – o cavaleiro das trevas
34- Arca russa
33- Adaptação
32- A queda – as últimas horas de Hitler
31- Serras da desordem
30- Sangue negro
29- O pântano
28- O labirinto do fauno
27- O curioso caso de Benjamin Button
26- Império dos sonhos
25- Encontros e desencontros
24- Closer – perto demais
23- 21 Gramas
22- O escafandro e a borboleta
21- Kill Bill
20- Em busca da vida
19- Quem quer ser um milionário
18- Os infiltrados
17- O fabuloso destino de Amélie Poulain
16- Menina de ouro
15- Crash – no limite
14- Pequena Miss Sunshine
13- O segredo de Brokeback Mountain
12- As invasões bárbaras
11- Onde os fracos não têm vez
10- O pianista
09- Elefante
08- O senhor dos anéis
07- Cidade dos sonhos
06- Match point
05- Fale com ela
04- Dogville
03- A vida dos outros
02- Brilho eterno de uma mente sem lembranças
01- Cidade de Deus

          O público discordou um pouco desta opinião, vejam os 10 melhores na opinião dos leitores da revista:

10- Pequena miss Sunshine
09- Piaf – um hino ao amor
08- Brilho eterno de uma mente sem lembranças
07- Batman – o cavaleiro das trevas
06- Cidade de Deus
05- Crepúsculo
04- O pianista
03- O senhor dos anéis
02- O segredo de Brokeback Mountain
01- Menina de ouro

          E você concorda com a escolha deles? Dê sua opinião, deixe um comentário dizendo quais os 10 melhores filmes pra você de 2001 até agora (julho 2010).

 



et cetera